Licenciamento a pedido das praças na Polícia Militar do Estado do Acre (PMAC) nos anos de 2013 a 2017: causas e efeitos analisados por meio da Teoria das Necessidades

Adriana Andreia Oliveira dos Santos, Cesar Gomes de Freitas

Resumo


Este artigo tem por objeto o estudo dos fatores motivadores do “licenciamento a pedido” na Polícia Militar do Acre, no período de 2013 a 2017, com identificação das principais causas e seus efeitos na corporação. A fundamentação teórica ampara-se na Teoria da Hierarquia das Necessidades de Maslow, na identificação das causas, e, para avaliação de efeitos, utilizou-se aporte metodológico de outra pesquisa similar. Trata-se de pesquisa qualitativa do tipo bibliográfica e discursiva, com abordagem hipotético-dedutiva. Os resultados obtidos apontam que alguns ex-policiais militares optaram pelo desligamento para atender as suas necessidades humanas, em especial profissionais mais jovens e com maior escolaridade, e que, entre os efeitos advindos dessas saídas, estão a baixa na produtividade e no desempenho interno, tendendo a aumentar a longo prazo, demonstrando, contudo, que a substituição de um policial por outro ainda é contornável e não afetou consideravelmente a imagem da instituição.


Palavras-chave


Fatores Motivadores, Licenciamento a pedido, Polícia Militar.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Conbrad [ISSN 2525-6815] Qualis B5

Qualis B5


INDEXADORES E BASES INTERNACIONAIS

 Resultado de imagem para latindex