A RELAÇÃO CUSTO-QUALIDADE DAS AQUISIÇÕES NO SETOR PÚBLICO

Renistenes Eunice Costa Campelo, Lorena Paula da Costa, Telma da Silveira Alves, Luiz Romeu de Freitas Junior

Resumo


O processo de compras via licitação torna transparente as aquisições de bens e serviços e garantem a isonomia entre os concorrentes. O principal intuito é garantir o menor preço nas aquisições e selecionar aquela proposta mais vantajosa. Porém no IFG-Câmpus Itumbiara, nem sempre a proposta com menor preço garante a economia para a instituição, pois os gastos em excesso com produtos de qualidade inferior inferem em um maior custo. As aquisições com base no menor preço em sua maioria permite a aquisição de produtos inferiores que interferem nas atividades dos servidores. Assim este estudo tem por objetivo a analise da relação custo-qualidade dos produtos adquiridos por licitação e suas interferências no cotidiano. A parte empírica do estudo foi realizada por meio de uma pesquisa de campo com os servidores do IFG. Os resultados nos fornecem informações que demonstram  que a proposta mais vantajosa não garante a satisfação do usuário e ainda colabora para um aumento nos custos. Percebeu-se que os materiais utilizados para atividades rotineiras trazem mais insatisfação que os materiais de uso laboratoriais e pode-se verificar ainda que há necessidade de aperfeiçoamento dos servidores nessa área a fim de evitar compras desnecessárias e assim diminuir os custos com aquisições

Palavras-chave


Aquisições; Custos; Qualidade; Setor Público

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Conbrad

Qualis B5


INDEXADORES E BASES INTERNACIONAIS

 Resultado de imagem para latindex